Buscar
  • BBbis

Eclipse Lunar Penumbral, dia 10 de Janeiro, com a Lua a 19°53’ de Caranguejo.

Corresponde à culminação do ciclo iniciado na Lua Nova de Capricórnio e do Eclipse Solar Anular do dia 26 de Dezembro de 2019. Quais os assuntos que possivelmente ‘reconheceu’ nessas alturas?

O Eclipse Lunar, indica que uma parte da Lua se encontra ocultada pela sombra da Terra. Em geral, ocorre quando o Sol, Terra e Lua se encontram alinhados.

A Lua como não possui luz própria, vai buscá-la ao Sol.

Na Astrologia o Sol representa o Eu, a nossa essência, e a Lua representa as emoções.

Uma vez que se trata de um Eclipse Lunar, em fase de lua cheia, tudo será mais intenso, sendo provável momentos de crise onde algumas escolhas terão de ser feitas. É importante estar atento às emoções, memórias, ideias e até mesmo insights. O Eclipse no eixo de Caranguejo/Capricórnio representa a possibilidade de integração de energias opostas, com novas possibilidades de libertação do passado (dependências emocionais, inseguranças) e a necessidade de transformar esses aspectos em novas estruturas em prol de nutrir o outro. Assumindo assim, a gestão da nossa sensibilidade em função do colectivo.

Os Eclipses, na verdade, simbolizam mudanças importantes na vida. Representam o renascimento de uma nova fase.

Saturno faz conjunção exacta com Plutão, no dia 12 de janeiro (nota: em 2001 o ataque às torres gémeas ocorreu durante a oposição entre estes dois planetas), momento em que somos convidados a perceber o que é preciso transformar nas nossas vidas. Quais as velhas estruturas e situações que já não fazem parte do nosso mundo? Quais os velhos paradigmas que já não fazem parte da nossa realidade?

Momento de reflexão para uma abordagem de vida com responsabilidade e consciência.

Este Eclipse influenciará diferentes áreas de vida, dependendo onde se encontra o eixo Caranguejo/Capricórnio, nos Mapas Astrais de cada um de nós.


Bom Eclipse!



44 visualizações
  • Facebook Clean Grey
  • Instagram Clean Grey

BBbis | 2020 © Todos os direitos reservados | Fotografias Sílvia Vieira e Hugo Bernardo

Subscreva a Newsletter